Protestantes X Evangélicos: qual a diferença afinal?


Hoje em dia é muito comum generalizar estes termos. Quando alguém fala em protestantes ou em evangélicos, todos costumam generalizar e relacionar ambos os termos àqueles cristãos que não são católicos romanos ou católicos ortodoxos. Mas qual a diferença, afinal?

Antes de tudo, devemos entender os dois termos em sua essência.

O termo protestante é derivado do latim protestari e significa protesto ou declaração pública. Refere-se à carta feita pelos príncipes alemães contra a decisão da Dieta de Speyer, que, assim como o Édito de Worms, baniu as 95 teses de Lutero, feitas em crítica à Igreja católica, o que causou um grande cisma, gerando, assim, os protestantes (presbiterianos, luteranos, etc). Os reformadores não tinham a intenção de dividir a Igreja, mas apenas reformá-la e livrá-la dos seus acréscimos, o que culminou com a excomunhão destes. Sendo assim, não houve outra opção senão dividir a Igreja de Cristo mais uma vez.
            O termo evangélico veio do grego e faz referência às igrejas que têm a Bíblia como única regra de fé e tão somente. É mais utilizado para se referir aos luteranos e presbiterianos, mas no Brasil é utilizado para se referir aos pentecostais/neopentecostais ou carismáticos.

            A questão é que, no contexto brasileiro, é comum chamar a todos os protestantes de evangélicos e, mais comum ainda, é chamar todos os evangélicos de protestantes, o que é um ato errôneo e infeliz.
            Não podemos igualar todos desta forma, pois há uma imensa diversidade. Conheço pessoas que se refutam a procurar igrejas protestantes, pois crêem que todas as igrejas que não são católicas são pentecostais, são barulhentas e nelas acontecem coisas “sobrenaturais” como a questão das línguas estranhas e de outras coisas.
            No meio onde vivemos, devemos entender a diferença de tudo isso.
            Como disse antes, o termo protestante foi utilizado para se referir às igrejas derivadas da Reforma Protestante do século XVI, como Presbiterianos, Anglicanos, Luteranos e etc. Porém, as igrejas pentecostais e neopentecostais, como Assembleia de Deus, Universal e etc não derivam diretamente da Reforma.
            Da mesma forma, é errôneo chamar os presbiterianos ou anglicanos de evangélicos, pois, assim sendo, estaríamos dizendo que os presbiterianos são a mesma coisa de alguns pentecostais, que fazem coisas que estes desaprovam completamente e dizem que o que fazem são fruto do Espírito Santo. Não devemos igualar coisas que são totalmente distintas.
            Outra questão de peso que nos diferencia, é a questão da Igreja. Nós, enquanto protestantes, cremos que a Igreja é Una, Santa, Católica (do grego καθολικος, que quer dizer "universal") e Apostólica. Una porque é única e instituída por Cristo; Santa pois é a esposa de Cristo, pois é a congregação dos santos, pois é vivificada pelo Espírito Santo e porque é separada do mundo; Católica pois ela é universal, está espalhada por toda a terra, porque ministra os sacramentos e é indivisível, é a igreja invisível, e não orgânica; e Apostólica pois é fiel à doutrina dos apóstolos, os pais da Igreja. Sendo assim, os Presbiterianos, os Luteranos, os Batistas e os Católicos Romanos, por exemplo, são uma Igreja em Cristo. Nos Céus, não teremos a ala romana, a ala calvinista e a ala ortodoxa, todos somos e seremos apenas um e somente UM corpo em Cristo.
            Já os evangélicos não creem nessa unidade da Igreja. Eles, em sua maioria, não aceitam que os romanos e os calvinistas são, juntamente com eles, A Igreja de Cristo. Para eles não há essa união, essa “catolicidade”, o que contraria completamente os ensinamentos dos santos apóstolos e do próprio Cristo (Cl 3.15).
            Devemos atentar para essas coisas, atentar para o que não percamos nossa identidade que, insisto, está por um triz. Certa vez, conversando com alguns amigos na igreja, o pessoal achou um cúmulo eu defender a utilização da estola sacerdotal. Eles defendiam que isso é coisa de católico romanista, ignorando todos os princípios reformados. Que estudemos, e busquemos nossa identidade.
            Concluindo, PROTESTANTES são as igrejas que nasceram da Reforma e tão somente. EVANGÉLICOS, no contexto brasileiro, são todas as igrejas (ou até seitas que se dizem igrejas) que não nasceram da Reforma.
            Espero que entendam o que é pelo que realmente é, e não pelo o que não é!
            Que Deus nos abençoe e nos livre de todo princípio de divisão de sua Igreja.

Soli Deo Gloria.

34 comentários:

  1. "Nós, enquanto protestantes, cremos que a Igreja é Una, Santa, Católica (do grego καθολικος, que quer dizer "universal") e Apostólica". Pirou, veio! Isso aí é o Credo Católico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aponte a forma correta, que, de acordo com você, se contrapõe ao que está escrito aí.

      Excluir
    2. Acho que o Ramheda Arievilo não entendeu o que está escrito, pois ele disse, exatamente o que está escrito sobre quem são os protestantes. Mas, eu não sigo nenhuma religião. Acredito em Deus e em todos os seus profetas, tais como: Jesus, Maomé, Buda, Confucio etc., portanto, não sou ateu. Eu sinto Deus em tudo; nos ventos, no sol, na água, no fogo, nos animais, enfim, na natureza e dentro de mim e de cada um ser vivo ou inanimado. Posso ser denominado de Pagão! As religiões, em meu humilde modo de entender o mundo, não passam de instrumentos para obter poder e fortuna para conquistarem as riquezas terrenas. E a riqueza terrena, nunca foi pregada por nenhum profeta, pois eles sabiam que tudo quanto há pertence a Deus. Bem, sei que isto é lenha na fogueira do debate, porém, eu não ganho dinheiro usando a palavra de Deus. Por fim, o texto está muito bem escrito e consegue sanar muitas dúvidas sobre a divisão de poder nas religiões. Lógico, sempre haverá controvérsias.

      Excluir
    3. Com ctz !! Kkk pirou de vez !!

      Excluir
  2. Seu comentário foi generalizador. Os assembleianos, não totalmente, é claro, creem que os reformados são uma igreja consigo. Essa de acreditar que "só a minha igreja é a correta" é coisa de católico e de outras seitas exclusivistas. Os evangélicos creem sim que a igreja é una, santa, universal e apostólica, mas como disse antes, não dá pra generalizar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente existem sim aqueles que fazem distinções com base em nomes e tipos de batismo. As duas coisas são erradas. Não são nomes ou líderes ("eu sou de Paulo, eu de Apolo, eu de Cristo, ...). Quanto ao batismo que nos salva se diz em I Pedro 3:21: "não sendo a remoção da imundícia da carne, mas a indagação de uma boa consciência para com Deus, por meio da ressurreição de Jesus Cristo". Não é quantidade de água (dilúvio, nuvem, etc) como não é a circuncisão. É coração, é consciência, é espírito novo submisso ao Senhor. É pelos frutos. É pela audição (aquele que ouve a voz do Senhor). É pelo serviço (estive com fome e ...). É pelo louvor e honra a Deus.

      Excluir
    2. eu soh sei d uma coisa eu busco pela mh salvação se vcs forem fikar discutindo religião.. vcs acham q vcs estao agradando a deus e q depois q jesus vim .. vc vai fik? ou vc vai subir? deus soh qer q agt busqe por ele e ser fiel.,..

      Excluir
    3. Até meados do início do século XX as igrejas protestantes acreditavam e ensinavam q cada uma delas era a correta. Nessa época batista,metodista e presbiteriana eram as maiores denominações protestantese se difundiram em muitos países.Haviam outras que floresceram nos EUA e Canadá. Mais não lograram êxito na Europa e América latina.

      Excluir
    4. Esqueci-me da luterana e anglicana que eram mais populares na Europa nessa msn época

      Excluir
  3. Discutir qual a religião certa ou errada virou coisa de fanatico

    ResponderExcluir
  4. Todos deveriam pará de discultir, se a igreja 'A" ou igreja 'B' é a correta, e seguir a Cristo, tempo não salva. templo não muda o mundo, são as pessoas, são as atitudes, todos são as igrejas certas."

    ResponderExcluir
  5. Legal, nunca tinha parado para analisar. Gostei das explicações e deu pra dar uma esclarecida por cima.

    ResponderExcluir
  6. Todos deveriam apenas entender que a igreja somos nós, eu , você, ela , ele, cada um de nós(que cremos e confessamos a Jesus Cristo como salvador, somos parte do corpo dEle e este completo é a igreja ( noiva ), e não a congregação, a placa, denominação, ou as 4 paredes em si.''' Não deu nem pra perceber a ''bela '' divisão feita no texto'''', o que falta na parte do corpo de Cristo que é a nação brasileira é Amor e união, se a igreja fosse assim, estaríamos com muito mais poder (palavra de Deus) e ação do que atualmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu creio também só JESUS salva , devemos estudar sua palavra e por em pratica amém .... e que DEUS nos abençoe sempre ....!!!

      Excluir
    2. Finalmente um texto coerente. A verdade é que discutir teologia pode, sim, haver conflitos de argumentos. O problema apontado acima (elencar qual religião é a melhor) traz somente uma consequência: o fortalecimento do Mal! Olhem como está o Brasil, olhem como está o mundo! Estamos, nós cristãos, perdendo forças. Vamos continuar com essa disputa e esperar para sermos perseguidos no futuro.

      Excluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Apenas busque pela sua Salvação e daí o q pensam d vc soh qem te conhece e o seu coração eh deus e mais ninguem..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Religião é uma coisa complicada, porque todos nos "cristãos" em geral sabemos que Jesus veio morreu por nós para que tivéssemos uma segunda chance, digamos assim.
      E de maneira alguma a igreja de Cristo deveria ser dividida...
      Aliás Deus não liga pra sua religião, católico, evangélico, protestante... seja lá oque for, ele só quer ter você como filho,uma intimidade. É muito complexo esse lance de religião, não deveríamos ficar apontando o dedo pro irmão, deveriamos ama-los, pois foi isso que Cristo veio ensinar, pena que a humanidade não teve "inteligência" suficiente para entender isso.
      Obs: é minha opinião, sem críticas pfvr.
      DEUS ABENÇOE A TODOS! :)

      Excluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Ou, ou, ou! Como assim "os Presbiterianos, os Luteranos, os Batistas e os Católicos Romanos, por exemplo, são uma Igreja"??? Nuuunca!!! Apenas uma Igreja é Una, Santa, Católica e Apostólica! Não tem essa coisa que essas outras fazem parte de uma só! Precisa rever bem suas fontes!

    ResponderExcluir
  11. Ou, ou, ou! Como assim "os Presbiterianos, os Luteranos, os Batistas e os Católicos Romanos, por exemplo, são uma Igreja"??? Nuuunca!!! Apenas uma Igreja é Una, Santa, Católica e Apostólica! Não tem essa coisa que essas outras fazem parte de uma só! Precisa rever bem suas fontes!

    ResponderExcluir
  12. Olá,Indo para questão de doutrina, a mais próxima do correto é a católica!!! pois os erros dos protestantes e evangélicas assim chamadas no brasil é q fazem interpretações erronicas da bíblia, e graças aos católicos romanos por existir bíblia, agora pecar é fácil e se ajoelhar e fingir se confessar a Deus, quero ver se confessar para um pastor ou padre mais eles inspirado no espirito santo, isso ninguém protestante e evangelical tem coragem!!! fora os cultos da prosperidade pregados, isso é paganismos, outra coisa q falta aos protestantes e evangélicos é presta mais caridades e não ficar atacando os católicos iguel tio macedo faz, e religião se discuti sim sabe pq, desmascara os falsos profetas. pq se ficarmos calados o demonio ganhara as almas muito facil e não podemos deixa!!!! viva a santíssima trindade onde Jesus é o centro e maria serva de Deus! amem!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Edson,Sem querer ofende-lo, mas você dizer que a doutrina católica é a correta.... misericórdia.Me diga aonde está na doutrina bíblica que para sermos perdoados devemos "rezar dez aves maria".Me diga aonde está na doutrina bíblica, que devemos nos confessar com padres, sendo que é o sangue de Jesus que nos purifica de todo o pecado? Também posso me confessar com o padre, mas não me arrepender de verdade. A igreja católica comete as maiores abominações teológicas que conheço.Aonde está escrito que Jesus mandou assassinar pessoas por praticar Heresia "vide a inquisição". Aonde está escrito na bíblia que "Maria tem "status" Divino. Meu querido esta sua conversa só engana incautos que não conhecem a bíblia e o que ela diz de verdade. Desde quando sacerdote tem que ser celibatário se o próprio "Apóstolo Pedro" que vocês católicos dizem que é o pai da "igreja católica", era casado?? Quanta aberração esta igreja católica comete.....adoração de imagens, indulgencias, como se penitencia e caridade salvasse alguém. O que salva o homem dos seus pecados é o sangue de Jesus, arrependimento e conversão e a Graça de Deus.....Voçe diz que igreja evangélica prega prosperidade, mas a unica igreja que conheço que é dona de um "banco" é a igreja católica.......

      Excluir
    2. Católica tem um banco próprio, as outras sao donas de bancos com laranjas. Todas as instituições religiosas são podres. Nenhum de nós precisa de intermediários: padres, pastores,rabinos.

      Excluir
  13. Olá,Indo para questão de doutrina, a mais próxima do correto é a católica!!! pois os erros dos protestantes e evangélicas assim chamadas no brasil é q fazem interpretações erronicas da bíblia, e graças aos católicos romanos por existir bíblia, agora pecar é fácil e se ajoelhar e fingir se confessar a Deus, quero ver se confessar para um pastor ou padre mais eles inspirado no espirito santo, isso ninguém protestante e evangelical tem coragem!!! fora os cultos da prosperidade pregados, isso é paganismos, outra coisa q falta aos protestantes e evangélicos é presta mais caridades e não ficar atacando os católicos iguel tio macedo faz, e religião se discuti sim sabe pq, desmascara os falsos profetas. pq se ficarmos calados o demonio ganhara as almas muito facil e não podemos deixa!!!! viva a santíssima trindade onde Jesus é o centro e maria serva de Deus! amem!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Outra coisa, leia a bíblia sagrada antes de dizer que algo é correto ou não.Pelo seu comentário ja deu pra perceber que você é daqueles que frequenta a missa, engole tudo que o padre diz... Pelo menos muitos Cristãos Evangélicos são "Bereanos" se bem que você nem deve saber o que é isso.....

      Excluir
    2. Kkkkkkkkk. Se isso fosse verdade a própria Igreja Católica não teria alterado os próprios Dez Mandamentos. Sendo que um diz que não se pode adorar imagem em escultura nem o que há em cima da Terra e embaixo do céus.

      Excluir
    3. E outra. Nós devemos adorar somente a trindade e não a santo.

      Excluir
    4. E outra coisa horrenda que eu sei da igreja católica, é que ela ensana línguas estranhas, com coisa que Deus deu formação pra alguem não língua do Espírito Santo. A bíblia fala que as línguas estranhas vem diretamente de Deus, portanto elas são impulsivas, e não ensinadas, quem ensina, tá ensinado outra coisa.

      Excluir
    5. E outra coisa que eu sei é que a Igreja Católica cria seus próprios estatutos, ou seja suas próprias disciplinas. Sendo que para entrar no céu nos devemos seguir a sagrada escritura a original e verdadeira palavra de Deus. E não doutrina de homens. E pelo que eu sei nunca vi na Bíblia que Deus colocou um representante dele aqui na terra, um representante chamado papa, que faz o q quiser, sem tá preocupado com a Bíblia. E com coisa que se Deus tivesse colocado representante dele na terra, ele seria elegido por voto humano? aí É brincadeira né.

      Excluir
    6. E outra a gente não se Confessa para padre ou pastor Por que a Bíblia não nos manda fazer isso. Mas mesmo assim existe irmãos que vai falar com o pastor sobre um erro para ver que solução Pode se ter para aquilo. Agora os católicos acham que a santa ceia do senhor serve para perdoar pecados, pois a Bíblia fala que aquele que comer do pão e beber do Cálice indignamente estar bebendo e comendo para a própria condenação. E outra na questão do nossos pecados, particulares, a gente não deve satisfação nenhuma para pastor e sim somente para Deus. Mas quando cometemos um pecado contra a igreja ou seja que mancha a sua imagem, nos devemos sim confessar nosso erro contra a imagem da igreja de Cristo. E nós que fazemos interpretaçoes erronicas da Bíblia né. Kkkkkkkkk, ainda bem que não fasso parte de uma igreja bque muda a Bíblia, e deixa do jeito que lhes beneficiará mais econômicamente. E quem preservou a Bíblia desde a época de Cristo não foi os católicos romanos e sim os gregos que não eram católicos, porque se assim for como os evangélicos conseguiram uma Bíblia original? Porque até onde sei no ano de mil e quinhentos a Igreja Católica proibia qualquer um ler a Bíblia. Ou seja eles não queria que as pessoas tivessem consciência da verdadeira realidade, aí encondiam a Bíblia, mais os gregos, para a graça de Deus a preservaram.

      Excluir
  14. Da onde você tirou estas informações, pq isso só pode ser suas opiniões. Os evangélicos acreditam sim numa igreja unida, pois a própria Bíblia fala, que Jesus é o cabeça da igreja, e a igreja é o corpo. Portanto todo ser humano que aceitou a Jesus, e foi batizado nas águas, em nome do pai, do filho e do espírito santo, faz parte de corpo, a "igreja do Senhor". Portanto Assembléia de Deus não das instituições religiosas que afirmam que só ela e a correta não. Por que muitos condenam a Assembléia de Deus, de manter uma rígida disciplina, mas isto é porque nós devemos nos basear a verdadeira Bíblia e seguir todas as disciplinas e os mandamentos do Senhor. Só que tem igreja por aí que pega e Altera a vida e deixa do jeito que quer, isto sim a gente condena, pq aí já é herezia. E a católica tem sim seus problemas doutrinários, como por exemplo um dos próprios Dez Mandamentos, que afirma que não podemos adorar imagem em escultura. Eles ignoram. Mas sim existem Concerteza eu creio, outras igrejas que preservam a verdadeira palavra de Deus.

    ResponderExcluir
  15. pentecostais e neopentecostais deixam claro que o mais importante são os dízimos. Jesus nunca pediu dízimos a ninguém, aliás chutou o pau d barraca dentro dos templos.não precisamos de intermediários: pastores, rabinos, padres, bispos etc. Não precisamos de templos, igrejas etc.

    precisamos unicamente de Jesus, o Cristo.
    Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim
    João 14:6

    ResponderExcluir